5 de setembro de 2012

Good Night!!

Precisava falar-te ao ouvido.
De manter sobre a rodilha do silêncio
a escrita.
Precisava dos teus joelhos.
Da tua porta aberta.
Da indigência. E da fadiga.
Da tua sombra sobre a minha sombra.
E da tua casa
E do chão.

Daniel Faria

Bocas OnLine

11 comentários:

Anónimo disse...

"No tardar das horas
que não vens
esqueci-me do tempo
no marcar das datas"

Seraphyta disse...

Anónimo ;)

http://www.youtube.com/watch?v=hOMd7CSt0KU

Anónimo disse...

São horas extraordinárias :-)

http://www.youtube.com/watch?v=6oGZist0gCc

"E assim que volto ao meu lugar
reencontro com dor e com prazer
o coração que fiz falar
à máquina de escrever, a ver
ela a dar corda à máquina de amar
e um coração a se amainar"

Seraphyta disse...

Não acredito!!

Que surpresa magnífica. Fiquei sem palavras.

:)))

Seraphyta disse...

"Em cada noite sem rumo
Tu és igual a mim
De cada vez que procuro
Preciso um abrigo
Eu sou igual a ti"

http://www.youtube.com/watch?v=ooY0P-PwD_g

Eros disse...

... E precisava do tecto.

Fulcral para abrigar contra intempéries da vivência.

Seraphyta disse...

Eros;)

Do chão...do tecto
E da porta encostada, na mesa um copo de vinho, e a espera sem fim.

Anónimo disse...



http://www.youtube.com/watch?v=eGE7U8-mRaI

Seraphyta disse...

Anónimo,

Fiquei sem palavras...adorei a Mafalda Veiga.

Obrigada ;)

http://www.youtube.com/watch?v=tTciVtdjPSY

Anónimo disse...

A Mafalda Veiga tem algumas parcerias (até com a Suzanne Vega, e a com o JPP é uma que não gosto:-)
Gosto com o Tiago Bettencourt

http://www.youtube.com/watch?v=2q593KsUFC4&feature=related

"Pedes-me um sonho
para juntar os pedaços
mas nem tudo o que parte
se volta a colar.
E agarras a minha mão
com a tua mão e prendes-me
e dizes-me para te salvar."

Seraphyta disse...

Anónimo ;)))

Consegues surpreender-me :)))

"esqueces que às vezes
quando falha o chão
o salto é sem rede
e tens de abrir as mãos"