4 de fevereiro de 2012

De Noite...


De noite só quero vestido
o tecido dos teus dedos
e sobre os ombros a franja
do final dos cabelos.
Sobre os seios quero
a marca
do sinal dos teus dentes
e a vergasta dos teus
lábios
a doer-me sobre o ventre.
Nas pernas e no pescoço
quero a pressão mais
ardente
e da saliva o chicote
da tua língua dormente.

Maria Teresa Horta


Bocas OnLine

4 comentários:

QUIM disse...

esse texto e-me muito especial...A foto..wauuuu...deliciosa...(fartei-me de rir quando abri!isto vai ser lindo vai)..vou ter que escavar bem nos arquivos...mas acho batota tens vantagem de postares diariamente...rs...vou terq ue me sair com uma grande foto segunda feira...rs.bj ..boa noite.

Seraphyta disse...

Quim,

Aiii...a Maria Teresa Horta e a sua poesia erótica [rsrsrsrsrs]

Bora Lá...fico à espera de uma fotografia que me deixe de boca aberta :)))

Beijo e Bom Dia

Anónimo disse...

Sem folego, Stranger, fiquei sem folego

"...oiço baixo o teu gemido calado pelos meus dentes imagino a tua boca rasgada sobre o meu ventre"

Maria Teresa Horta

Seraphyta disse...

Stranger,

A poesia da Maria Teresa Horta deixa-nos sem fôlego :)))