28 de abril de 2012

Morder-Te O Coração



Bocas OnLine

6 comentários:

QUIM disse...

huuummm..mas estás aborrecida comigo?..huummm.espero que não..bom fim de semana. e cuida-te.

Alê disse...

gostei da solidão da imagem,


bjkas

Anónimo disse...

"Da janela do quarto consigo ver o vento nas folhas e, ao fundo, uma nesga de rio; consigo ouvir os pássaros. Evito olhar para o mar porque te vejo sempre nos reflexos da água, no beijo da luz do sol, um espelho hesitante de ondulações que vou adivinhando. O amor tem esse grau de incompreensão que nos aproxima do mar - do mistério que é o fundo do mar."

Patrícia Reis, Morder-te o Coração (excerto)

Seraphyta disse...

Quim,

Não estou de forma alguma chateada contigo. Como poderia? És um doce de pessoa :))

Seraphyta disse...

Alê,

Obrigada pelo comentário :))

Seraphyta disse...

Anónimo,

Obrigada pelo excerto do livro da Patrícia Reis. :))